Seria amor?

maio 6, 2009

Em meus passeios pela blogosfera, existem blogs que visito com mais frequência, dentre eles, encontra-se o Dia de Beaute, da expert Vic. Um dos seus últimos post tem como tema principal o nosso amado rímel. 

Por que amado? Durante 34 anos da minha existência na fase da terra, please believe!, eu não usei esse cosmético de beleza. Why? Tenho cílios enormes e muitos, ok, ADORO! Confesso! Mas eu tinha verdadeiro horror que meus cílios ficassem monstruosos se eu, ainda, colocasse uma quantidade absurda de rímel. 

Puro nervosismo bobo! Tamanha a insistência de Vic e suas leitoras contando as maravilhas desse produtinho FANTÁSTICO que criei coragem e passei a adotá-lo em meu ritual de make.

Que diferença ! Uma garota sem rímel não é uma garota! Agora, entendo, perfeitamente, o que essa expressão quer dizer! 

Como você é quem controla a quantidade que pode ser usada, seus cílios podem ficar mais ou menos volumosos dependendo do número de camadas que  passa! O que isso quer dizer? Sim, nós temos o PODER de deixá-los maiores, menores, mais ou menos volumosos. Tudo, CLARO, de acordo com a sua escolha e modelo do seu produtinho, como bem explica Vic! 

O que me fez rir, na verdade, foi um comentário não identificado deixado no blog da Vic. Seu conteúdo limita-se a dizer que nós, garotas maníacas por make, “nunca fomos amadas”. Puro mecanismo de defesa! Se uma pessoa dá-se o trabalho de ler o blog, significa que ela tem interesse ou, no mínimo, curiosidade pelo assunto. Dessa forma, a pergunta que fica é: por que a crítica?  

Se não aceita ou não gosta da temática em questão, deveria procura blogs que caminham na direção dos seus gostos. A blogosfera é enorme! Hoje, a cultura de massa perdeu força para a cultura de nicho uma vez que as opções são milhares e cabe a nós, leitores, fazermos a nossa  escolha! Por outro lado, se gosta mas não faz, deveria basicamente fazer, pronto! Problema resolvido! Criticismo bobo que apenas diverte até  porque toda crítica tem que estar posicionada com argumentos válidos! 

Em minha singela opinião,  o amor que talvez não tenhamos tido a oportunidade de usufruir vindo de outros, o que não pode ser considerado verdade, in fact,  vem de nós mesmas, DIARIAMENTE, quando cuidamos daquilo que amamos, ou seja, NóS! Regra número da terapia!

Dentro de uma perspectiva mais MEDIATA,  no entanto, quando fazemos makes bárbaros queremos, SIM, ser mais admiradas. Quem não gosta de receber um elogio? Desde que o elogio não seja uma satisfação que compense as necessidades de afeto  … é um sentimento normal, de gente normal …

Besides, uma garota maquiada tem seu processo motivacional afetado substancialmente … Algum problema nisso?  

E, ah, Por que me dou o trabalho de responder? É que … bem …. adoro uma discussão!  

 

Le2 Guerlain: para combate a inveja!

Le2 Guerlain: para combater a inveja!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: