Momento literatura: apresentar a dialética !

abril 11, 2009

 

Se mesmo estudando dialética eles me enganam, imagina se eu não estudo?

Se mesmo estudando dialética eles me enganam, imagina se eu não estudo?

Durante muito tempo, a lógica positivista apareceu como doutrina unívoca e inquestionável. O ideal positivista produziu um sistema lógico de conhecimento apenas pela dedução ou indução. Na dialética, entretanto, esse sistema é revisitado: a sistematização do conhecimento provém da formação sintética por meio do avanço conceitual no momento de apreensão do objeto estudado. Existe a construção de uma razão justaposta, constituída sobre vertentes dualistas de tese e antítese. Os dois contrários, estabelecidos pela tese e antítese, todavia, se concentram na formação sintética, transportando tais conceitos primários de dualidade em uma unidade dialética. Reside aqui uma tentativa de se buscar a essência do fenômeno, própria do conhecimento científico, na relação entre conhecimento mediato e imediato. Se o conhecimento imediato está presente e é perfeitamente observável, o conhecimento mediato, ao contrário, precisa ser questionado e investigado. Temos, portanto, uma lógica própria ao cientista dialético que se sustenta pela definição de leis e categorias inerentes ao método.

Essa lógica dialética substitui o dirigismo extremo da lógica formal, no entanto, sem rescindi-la em absoluto, uma vez que ainda temos categorias e leis que fornecem a sustentação metodológica. O objetivo central da lógica dialética é ultrapassar os limites do conhecimento existente, ampliando as capacidades humanas de pensamento e análise de um determinado ser. Assim, na linguagem filosófica, essa lógica está pautada tanto pela doutrina do conhecimento, conhecida como gnosiologia, e do mesmo modo pela doutrina do ser, a ontologia.

O reconhecimento da dialética como lógica promove, em decorrência, a evolução e a transformação do conhecimento científico a partir de uma conexão ou elo entre as leis do pensamento e as leis do ser. Em toda a análise dialética, existe uma coexistência entre essas leis ensejando a formação dos seus princípios básicos e são esses princípios que produzem e fazem evoluir o conhecimento. Se existe, na dialética, uma confluência entre essas leis, percebemos que não se exerce, portanto, uma análise unilateral ou isolada. Ao contrário de focalizar apenas o conhecimento ontológico, a dialética estabelece uma relação desse conhecimento com o mundo a sua volta ao utilizar, da mesma forma, as leis do pensamento.

Essa relação entre as leis do ser e do pensamento, na junção entre a gnosiologia e a ontologia é que nos faz entender a dialética como teoria do conhecimento. Todo esse processo requer a análise do ser com o objetivo de proporcionar o avanço do conhecimento cientifico em busca da verdade sempre levando em consideração o pensamento e a consciência humana e social. Um novo conhecimento será assim formado, suportado pela pesquisa cientifica e dessa forma, verificado na prática, ensejando assim o descobrimento de leis para novas teorias. 

Devemos estudar, também, a dialética como um sistema lógico que seja capaz de dar suporte metodológico. A investigação científica necessita de um meio, um conjunto formal de procedimentos que sustentem essa investigação. Na tentativa de compreender e interpretar seu objeto de estudo, o pesquisador utiliza-se do método como um sistema racional que vai ajudá-lo nesse processo. 

A partir de hoje, vou usar a metodologia dialética para estudar os homens e seu universo! 

Anúncios

6 Respostas to “Momento literatura: apresentar a dialética !”

  1. Eduardo said

    Como é possível um post como este, espetacular, não ter um único comentário?? Acho que suas leitoras estavam de férias…rs. De todas as formas, repito o que já disse antes, sobre ter sorte quem tem a chance de uma discussão off-line. Parabéns, S.

    • sabrit said

      Oi, E
      Podemos acrescentar a esse post … Fausto! Meu livro de cabeceira! Já lí pelo menos umas três vezes! Adoro!
      Que bom que você gostou!
      Ele é meu post mais querido desse blog! E a discussão off line …. essa sim, sempre é muito boa!
      Beijo, beijo, beijo!

  2. Sabrina,
    quando puder dá uma olhada em meus blogs
    principalmente os dois:
    http://www.osvaldomarques.wordpress.com
    http://www.vadinho44.wordpress.com
    bj.

  3. O que achou?
    O grande problema da comunicação está na aparência.
    Ninguém quer perder tempo. Se tiver a aparência de cansativo… já era! Ninguém lê!
    No meu tempo de ginásio, éramos estimulados a ler, aprender, participar. Hoje, se dá o contrário. Dá no que dá. O que vemos é o total desinteresse pela leitura, e, com ela lá se vai todo o aprendizado, o estímulo dialético e, consequentemente, a evolução espiritual, porque quanto mais questionamos, quanto mais nos observamos, mais crescemos espiritualmente.
    Beijão.

    • Sabrina said

      Oi, Osvaldo:
      Sou professora, então, lido com esse problema diariamente. Ninguém quer mais ler nada. Querem tudo resumido, fórmulas prontas, exatas, fechadas, leituras simplistas e fragmentadas de mundo, um “cartesianismo” excessivo que não aprofunda o conhecimento dentro da perspectiva científica da totalidade dialética.
      Daí que quando você quer aprofundar o nível da aula usando conceitos filosóficos e sociológicos – fundamentais – para entendimento da administração, o aluno se recusa a aceitar e a “viajar” …. Acham que é teoria de maluco, o que, na verdade, é apenas uma concepção mais abrangente de universo e do fenômeno. O que me conforta é que alguns são muito inteligentes e embarcam na viagem fazendo considerações oportunas e que fazem valer a pena acordar todos os dias pela manhã e sair para trabalhar!
      Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: