Quando chega Janeiro …

fevereiro 25, 2009

Adoro o mês de Janeiro. Aquele sensação de recomeço, novidade, expectativa … todo o conjunto de “algo novo” que vem por aí, que se aproxima, conforta  e traz esperança. E é justamente essa magia que transforma esse período do ano em algo mais que especial.
O “dezembro” vem cheio de obrigações: natal, terminar os projetos pendentes, pagar todas as contas, zerar, entende? Para Janeiro, sobra aquilo que é bom e gostoso: viajar, descansar, ler bons livros, assistir a novela e o jornal, curtir os amigos e as crianças, enfim, a vida , de um jeito simples e prazeroso.
Minha temporada de “sejour” preferida é no Rio, apartamento alugado no Leblon com a Dona Ema, ali … coladinho com Ipanema, uma quadra da praia, perto de tudo e de “todos”.
Leia-se “todos”: os amigos queridos que vejo apenas quando estou nesse “dolce far niente” carioca, gente bonita e descolada, a moçada jovem e cheia de vida, as peruetes, os globais, e lógico, aqueles executivos que valem a pena acordar todos os dias.
O café-da-manhã é tomado sem pressa … pressa para quê? Estamos em janeiro, esqueceu? Ele geralmente é acompanhado de um jornal ou revista da semana, nada que exija esforço cerebral, afinal, acabamos de acordar … em janeiro, nosso cérebro anda em clima “low job” … todas aquelas delícias servidas na mesa, você vai comendo bem devagar e curtindo cada pedaço daquele bolo de laranja que os café cariocas fazem como ninguém.
Volto para casa caminhando pela praia … tranqüila, ouvindo apenas aquele barulho de mar que enche de equilíbrio a vida e as relações. Esqueço o carro, os cinto de segurança, o trânsito, não … isso não faz parte de Janeiro.
Nesse mês é o momento exato para  ler aquele livro de “mulherzinha” cheio de histórias de um cotidiano similar ao meu e que me faz rir sozinha quando todos olham em volta e imaginam: “Essa daí sim, sabe viver!”.
Minhas amigas perguntam: Você tirou férias da manicure? Sim, tirei, any question? Em temporada carioca, ninguém vai ficar indo à manicure toda hora, por favor … Pinto com uma “misturinha” e sou feliz !
Já podemos entrar no assunto Liquidações? É isso mesmo … janeiro é o mês das compras. Ninguém sai ileso. A temporada começa com 30% e basta você ficar calma que rapidinho ela chega aos 50%. A mulheradas enlouquece … ainda bem que tenho amigas-vendedoras em pontos estratégicos como Mixed, Isabela Capeto e afins, porque, gente … pausa para ficar sem respiração … eu “literalmente” entro em estado de êxtase profundo a cada nova comprinha.
E se compramos … vamos usar, então! Para isso, tem milhões de restaurantes para escolher e usar T_U_D_O, inclusive, aquela bolsa novinha “Jamin Puech”. As pessoas vão gritar quando verem você com ela. Normal, digo que acabei de comprar e abro aquele sorriso de satisfação ao pensar: “Valeu a pena, heheheh.”
Em Janeiro, também temos as temporadas de desfiles. O programa GNT Fashion está a mil, tem edições ao vivo direto das salas de desfile e os blogs fazem a festa. Sem falar na cobertura que, todos os dias, o canal faz com os desfiles e comentários dos editores de moda que me deixam  “antenadésima” para usar e abusar do meu guarda-roupa, NOVO.
Mas, voltar para casa é bom, muito bom. Com excesso de bagagem, sempre! E quando eu falo em excesso, falo de “excesso bom”: energia positiva, boas lembranças, sorriso na alma.
Para terminar o mês em grande estilo, exercito meu lado humanitário e arrumo a casa. Mudo os objetos de lugar, dou para alguém roupas que não uso, me renovo. Janeiro serve para isso … para recomeçar  …. em grande estilo!

Adoro Janeiro!

Adoro Janeiro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: